Banoffee clássico: Você está a 2 passos da receita que cativou o Brasil

0
1201

A receita de banoffee clássico faz muito sucesso nos Estados Unidos e tem caído cada vez mais no gosto popular do brasileiro, pois tem uma combinação de sabor sem igual.

Então, basicamente ela se trata de uma torta que combina doce de leite e banana. Então, já dá para imaginar a explosão de sabores que é, não é mesmo?

Por isso, hoje vamos mostrar o passo a passo completo de como preparar a receita de banoffee clássico. Acompanhe abaixo!

Banoffee clássico

Ingredientes

Massa

  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 70 gramas de açúcar;
  • 4 colheres de manteiga cortada em cubos gelada
  • 1 ovo;
  • 1 gema.

Recheio

  • 1 xícara de doce de leite;
  • 1 xícara de chantilly;
  • 3 bananas prata madura;
  • Cacau em pó.

Modo de preparo da receita de banoffee clássico

Para massa

  • Separe os ingredientes da massa e em uma tigela adicione a farinha e o açúcar;
  • Depois, junte também a manteiga cortada em cubos gelada;
  • Em seguida, misture os ingredientes com a ponta dos dedos até obter uma farofa grossa;
  • Agora em outra tigela misture o ovo inteiro e a gema. Então, bata com ajuda de um garfo;
  • Feito isso, adicione a mistura do ovo com a massa que parece uma farofa grossa e misture novamente com as mãos até ter uma massa lisa;
  • Se for preciso, adicione a farinha de trigo para que a massa fique em uma textura lisa;
  • Modele a massa em formato de uma bola. Então, é só envolvê-la no papel filme e levar para a geladeira por 30 minutos;
  • Após esse tempo, abra a massa em uma forma redonda e modele, ajustando as laterais e o fundo. Assim, é só deixar na geladeira por mais 1 hora;
  • Retire a massa da geladeira e faça um corte no papel alumínio para que ele fique sobre a torta, preenchendo os fundos e as laterais. Para preencher o papel alumínio, adicione feijões. Essa é uma maneira de evitar que a massa infle;
  • Por fim, leve a massa para o forno pré-aquecido por 30 minutos. Passado esse tempo, retire o papel alumínio de cima e leve novamente a massa para o forno, agora por 5 minutos, apenas para dourar.

Dica: O feijão usado na receita de banoffee clássico para impedir a massa de inflar não deve ser utilizado posteriormente. Então, jogue-o fora.

Para o recheio

  • Corte as bananas em rodelas da mesma espessura; 
  • Agora é só montar o recheio direto na massa fria. Comece despejando o doce de leite, depois a banana, chantilly e finalize com o cacau em pó.

Viu como a receita de banoffee clássico é mais fácil de preparar do que você imaginou. Ela é uma ótima torta para servir como sobremesa, pois ninguém resiste a banoffee.

Desfrutando da Banoffee Clássico: Dicas e Variações Criativas

Agora que você já domina a receita básica da banoffee clássica, é hora de explorar algumas dicas e variações que podem tornar essa sobremesa ainda mais especial.

Dicas para um Resultado Perfeito

  • Certifique-se de que a manteiga está bem gelada ao misturá-la com a farinha e o açúcar. Isso ajuda a obter a textura de farofa desejada.
  • Ao abrir a massa na forma, lembre-se de pressionar bem os cantos e laterais para evitar que ela encolha durante o cozimento.
  • O papel alumínio e os feijões são ótimos aliados para assar a massa de maneira uniforme. Esse processo evita que ela forme bolhas ou infle enquanto cozinha.
  • Ao dispor as rodelas de banana sobre o doce de leite, tente manter uma disposição uniforme para que cada pedaço tenha uma porção adequada de banana.
  • O cacau em pó pode ser substituído por raspas de chocolate ou até mesmo por um toque de canela em pó para adicionar um sabor extra à sobremesa.

Variações Criativas da Banoffee Clássico

  1. Banoffee com Nozes: Adicione um toque crocante à sua torta, incorporando nozes picadas sobre o chantilly ou entre as camadas de banana.
  2. Banoffee Vegana: Substitua os ingredientes de origem animal por alternativas veganas. Utilize leite condensado vegano e chantilly à base de coco ou soja.
  3. Banoffee Tropical: Acrescente um toque de frescor com frutas tropicais como manga, abacaxi ou maracujá. Essa variação trará um contraste interessante com o doce de leite.
  4. Banoffee com Chocolate: Se você é fã de chocolate, adicione pedaços de chocolate meio amargo entre as camadas. O contraste entre o doce de leite e o chocolate é irresistível.
  5. Banoffee de Outono: Para uma versão mais sazonal, experimente adicionar uma camada de compota de maçã ou pera entre as bananas e o doce de leite.

Uma Sobremesa Versátil e Encantadora

A banoffee clássica é muito mais do que uma sobremesa; é uma experiência gastronômica que combina sabores contrastantes de maneira harmoniosa. Seja para celebrar ocasiões especiais ou para simplesmente satisfazer sua vontade de um doce delicioso, a banoffee sempre se destaca. Agora, armado com essa receita detalhada e algumas variações criativas, você pode criar e apreciar essa maravilha culinária sempre que quiser. Deleite-se e compartilhe essa iguaria com amigos e familiares, encantando todos com o sabor incomparável da banoffee clássica.

Banoffee Clássico na Cultura Culinária: Uma Jornada Internacional de Sabores

A banoffee clássica não é apenas uma sobremesa; é um exemplo perfeito de como os sabores podem se unir para criar uma experiência culinária memorável. Além de sua popularidade nos Estados Unidos e no Brasil, essa delícia tem uma presença interessante em diferentes culturas ao redor do mundo.

Banoffee Clássico: Explorando Variações Globais

  • Inglaterra: Acredita-se que a banoffee pie (como é chamada em inglês) tenha sido criada no Reino Unido. Lá, ela é frequentemente feita com uma base de biscoito amanteigado, acrescentando uma textura diferente à sobremesa. Também é comum encontrar versões com toques britânicos, como adicionar creme de caramelo salgado.
  • Austrália: No continente australiano, a banoffee ganhou um toque tropical com a adição de pedaços de abacaxi à mistura. Essa variação combina o sabor doce das bananas com a acidez do abacaxi, resultando em uma experiência única.
  • França: A influência francesa trouxe uma interpretação refinada à banoffee, muitas vezes apresentando uma base de massa folhada crocante e delicada. A sobremesa é frequentemente servida em pequenas porções individuais, conhecidas como “tartlets”, que são apreciadas em elegantes cafés parisienses.
  • América do Sul: Em alguns países da América do Sul, como Argentina e Chile, a banoffee também encontrou seu espaço, muitas vezes incorporando ingredientes locais como doce de leite artesanal e frutas típicas da região.

Banoffee Clássico: Um Símbolo de Compartilhamento

Além de sua rica diversidade de sabores, a banoffee clássica tem um aspecto em comum em todas as culturas: ela é uma sobremesa que promove o compartilhamento e a celebração. Seja em um encontro casual com amigos, um almoço de família ou uma festa sofisticada, a presença da banoffee adiciona um toque especial à ocasião.

Banoffee Clássico: Uma Delícia para Todas as Estações

Embora seja uma sobremesa frequentemente associada a momentos mais quentes, a banoffee clássica pode ser apreciada durante o ano todo. Experimente adicionar toques sazonais para se adequar à estação: no verão, aposte em frutas frescas e leves; no outono, experimente especiarias como canela e noz-moscada; no inverno, desfrute de uma versão aquecida com bananas caramelizadas.

Conclusão: Celebrando a Banoffee Clássico

O banoffee clássico transcende fronteiras e culturas, unindo pessoas através do prazer compartilhado da boa comida. Ao explorar suas variações globais e adaptá-la a diferentes épocas do ano, você pode vivenciar uma verdadeira jornada de sabores.

Então, reúna-se com seus entes queridos, compartilhe essa sobremesa e celebre a riqueza das tradições culinárias que unem o mundo através de uma fatia de banoffee clássico.

Leia também:

Conheça o Receitas no Prato!

Dicas e receitas de doces e sobremesas que vão adoçar o seu dia!

Receita de Brigadeirão: Descubra os 6 ingredientes vão salvar a sobremesa do churrasco de domingo.

Pavê Doce de Leite e Paçoca: 3 etapas para o paraíso dos doces.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui